6 de outubro de 2014


DEPOIS DE TANTO DEIXAR DE SER

"Era 23h45. Eu tinha 15 minutos pra pegar o ônibus que passa de-meia-em-meia hora.

Era um dia entre tantos outros. 
Era uma noite entre tantos dias. 
Era eu e, em minha companhia, meus devaneios.
Era eu só. E era eu inteira.
Sem expectativas frustradas. Sem liberdade roubada. Sem dúvidas passadas.
Era eu desinteressada.
Com o que eu deveria reprimir. Com o que eu deveria insistir. Com o que eu não deveria sentir. Com quem eu não deveria dormir.
Era eu em paz.
Era eu querendo mais
De mim. Assim.
E por fim
Quanta sorte. Um ônibus às 23h59.
Pra me levar daquele lugar, mas não de mim."

O texto acima foi escrito por Ana Paula Rodrigues, estudante de Psicologia que vez em quando escreve em seu blog sobre tudo o que pensa e o que sente. O blog é o Na Minha Despensa e vale um clique para conhecer.

E VOCÊ, TAMBÉM ESCREVE? QUER VER SEU TEXTO AQUI? Envie o seu texto já publicado (de sua autoria) com o link do seu blog para evelyncmo@gmail.com
Texto enviado é só aguardar o contato!!!


Um comentário:

  1. Amei o texto bem inspirador me da vontade de voltar a escrever.
    Beijos tenha uma boa semana!
    http://pinagirlscris.blogspot.com

    ResponderExcluir

Gostou? Odiou? Comente aqui:

www.flickr.com
Itens de evelyncmo Vá para evelyncmo galeria